domingo, 21 de setembro de 2008

rede blog >> os novos ricos de campos: que classe é essa?

A existência de interesse das pessoas pelo termo "novo rico" me parece algo curioso. Digo isto porque o termo sempre me pareceu ser utilizado por socialites e pessoas do gênero, para diferenciar aqueles detentores de "old money" do populacho emergente, com seu comportamento não condizente com a miríade de regras comportamentais da velha elite. Daí os cursos de etiqueta e bobagens afins para que os novos ricos adquiram pedigree, tornando-se aceitos em seu novo meio social, até que venha a próxima reviravolta sócio-econômica e novos grupos ascendam. Assim, como sempre associei - talvez equivocadamente - a expressão com jargão de colunismo social, considero um assunto tão empolgante quanto um tratamento de canal.

As implicações econômicas e sociais da ascensão de novos grupos são o que costuma ser o mais interessante na história toda (e por isso virou tema da rede blog). E é curioso em nosso contexto local que a expressão tenha adquirido notoriedade fora do grande vazio das coluninhas de sempre devido à chuva de dinheiro dos royalties, que pouco ou nada de bom tem trazido à cidade, mas tem aumentado bastante a quantidade de gigantescos trambolhos automotivos nas engarrafadas ruas do centro, dos quais as Hilux são porta-estandartes.

Como novato sempre dá vacilo, cometi o erro de ler antes alguns textos sobre o assunto publicados por outros blogs na rede blog e, se estender o assunto além do quase-nada que foi escrito aqui, vou simplesmente reverberar o que o pessoal escreveu. Ou seja, minha primeira participação na rede vai ser esse meia-boca aqui mesmo, mas textos muito melhores foram e talvez - apesar da hora - ainda serão escritos hoje na rede blog. Fico devendo algo melhor arrumado para o tema de outubro. Até lá!

[A rede blog é um agrupamento heterogêneo de blogs goitacás que, periodicamente, versam sobre um tema comum.]

Nenhum comentário: