terça-feira, 29 de dezembro de 2009

BLITZ - Eskute

[2009]



Tem coisas que deixam a pessoa sem ter o que dizer. Uma delas certamente é um disco da Blitz lançado em 2009. Nem lembro direito como era a Blitz na época, eu era muito criança e só lembro das músicas de maior sucesso. Todas as imagens que tenho de Evandro Mesquita é como ator de novela e não cantor de rock (?!). As músicas tentam evocar uma atmosfera de sexo e zoação - tentando recuperar o clima da velha Blitz, talvez? - mas tudo soa meio forçado. A insistência em expressões pretensamente praianas e descoladas o tempo inteiro é outro recurso que bate estranho nos ouvidos.

O disco é rock/pop com tudo que tem direito: guitarras em destaque, (tentativa de) tiração de sarro, teclados característicos. Para não ser radical, um skazinho aqui, um bluesinho acolá, um funkinho, uma baladinha. Tudo milimetricamente calculado.

Os corais femininos estão lá, o sha-la-lá também, e continua tudo parecendo datado em um mau sentido, e sem as ironias que tornam uma abordagem destas interessante. No fim, é como se o Video Hits gravasse um disco com letras e direção artística do Faustão.

Para que ninguém diga que não há nada de bom a ser dito, não há nenhuma regravação dos antigos sucessos.

Nenhum comentário: